Resenha – Café express (protótipo) e financiamento aberto!

Postado por

O Café está acabando! Uma imparável praga devastou completamente as plantações de Browntown e agora o Estado busca desesperadamente por uma solução para a eminente crise financeira que passará. – Introdução, manual do jogo

cafeexpress1

Café Express é o segundo jogo da empresa novata Potato Cat. Lançamento deste ano de 2017, tem como autores Kevin Talarico de Oliveira e Samanta Geraldini Talarico, além da arte de Jéssica Lang. Este é o segundo jogo da empresa, sendo o primeiro o título Cartas a vapor com base no livro de Enéias Tavares. Esta resenha foi feita com base no protótipo do jogo gentilmente cedido pela Potato Cat, logo tanto mecânicas, quanto artes, componentes e personagens (e outros) podem ser modificados na versão final do jogo.

Se você quer saber mais ainda sobre o jogo, acompanhe a campanha de financiamento coletivo que já está aberta!

Mecânicas
– Ação simultânea
– Gestão de mão
– Jogadores com diferentes habilidades
– Movimento em grades

Este é um exclusivo jogo para dois jogadores, onde um tenta defender os últimos grãos saudáveis de café enquanto o outro jogador tenta roubar o mesmo. Na temática do jogo, esses cafés estão sendo transportados em um trem de uma cidade para outra, onde na primeira cidade existiu uma praga que devastou todas as plantações de café e na segunda esses grãos poderão ser plantados.

cafeexpress_componentes1
Componentes do protótipo (versão final)

O jogo começa com uma preparação bem simples e com apenas algumas poucas cartas para cada jogador. Já inicialmente existe uma montagem interessante no jogo que é a carta especial : através de cartinhas transparentes cada um monta uma carta especial para si com habilidades mais poderosas de forma geral.

As cartas normais realizam movimentação, ataque, roubo de grãos, etc. As cartas transparentes, quando colocadas em conjunto com as sleeves que vieram com o protótipo, formam as cartas cafeinadas que possuem habilidades semelhantes às comuns, porém com mais intensidade. Além disso, cada habilidade cafeinada só pode ser usada uma vez por partida.

cafeexpress_transparentes1
Cartinhas transparentes (versão final)

As rodadas são marcadas em uma trilha no tabuleiro que também indica quem terá a iniciativa da rodada, além da marcação de quando as cartas de eventos devem ser abertos. Os eventos podem ser bons ou ruins para um ou ambos os jogadores.

Em se tratando de mecânica, esta é a mais simples possível: uma carta é escolhida em segredo por ambos os jogadores, em seguida é revelada e tem seu efeito realizado, começando por quem tiver a prioridade da rodada atual. Após os efeitos realizados, a carta vai imediatamente para o adversário, o que significa que certamente será usada contra oponente de volta.

cafeexpress_partida1
Exemplo de partida

No momento em que uma das condições de vitória do jogo acontecerem, o mesmo acaba imediatamente. Em se tratando de condições de vitória, existem: o roubo dos 3 grãos de café pelo personagem ladrão ou o vilão do jogo, o salvamento de pelo menos um grão por parte da mocinha ou xerife do jogo ou ainda o final das 20 rodadas, onde se verifica as mesmas condições. Apesar de serem várias rodadas, o turno de cada jogador é bem rápido, então as partidas duram realmente em torno de trinta minutos cada.

Ainda existe a ilustre figura do maquinista que é a unica forma de atrasar os rodadas do jogo, dando assim um maior tempo para formação de estratégias: a cada vez que o maquinista é atingido por um tiro, ele vai diretamente para  trilha de rodadas e isso faz com que exista um atraso de 2 rodadas. Uma boa opção para o ladrão, claro.

cafeexpress_caixinha1
Tudo isso em uma caixa pequena

Considerações finais
Café Express é um jogo simples e ao mesmo tempo com bastante peso. Enquanto se demonstra um jogo com regras simples e de fácil entendimento, também possui boas camadas de estratégia para tanto bloquear, movimentar, atacar e usar habilidades.

Existe uma clara inspiração no título internacional de sucesso Colt Express e enquanto nesse há uma verdadeira bagunça na seleção das ações e muitos jogadores acabam por ficar sem fazer nada em seu turno, Café Express permite uma interação muito maior sendo somente para dois jogadores, o que também diminui muito (não extingue) a possibilidade de que ações jogadas sejam desperdiçadas por conta do movimento ou ações do oponente. Além isso, para quem já jogou Mystic Vale, as cartas transparentes claramente tem sua inspiração detectada tanto pelo componente em si quanto pela mecânica de construir cartas personalizadas.

O segundo título da empresa possui uma boa arte que se esforça bastante para ser iconográfica o que é algo muito bom, pois todo jogo que possui texto requer uma leitura mais cuidadosa por parte do jogador, o que consome mais tempo durante seus turnos.

Por fim, o título entrega uma proposta honesta de ser um ótimo jogo somente para dois jogadores e possui variante para quatro jogadores, o que, na teoria, não agrada tanto que já o jogo foi desenvolvido de maneira bem sólida para somente dois jogadores. Ainda assim ficam os votos de sucesso para essa e qualquer outra variante ou conteúdo adicional ao jogo futuramente.

Acompanhe a campanha de financiamento coletivo!

Pontos positivos
– Jogo simples e objetivo exclusivo para dois
– Iconográfico e de fácil de entendimento
– Construído de maneira sólida para dois jogadores
– Boa escolha de mecânicas e inspirações
– Entrega ao que se propõe

Pontos negativos
– Podem ocorrer turnos desperdiçados ocasionalmente
– Jogo leve e também exclusivo para dois, o que pode não agradar a todos