Resenha – Animal upon animal

Postado por

“Os animais querem mostrar como eles são bons em fazer alta pirâmides! Os jogadores devem ser precisos e estáveis. Quem irá colocar o pinguim em cima do crocodilo, a ovelha sobre o pinguim e a serpente em cima da ovelha?” – Caixa do jogo, verso, versão da Conclave

animalupon1

Animal Upon Animal lançado este ano no Brasil pela editora Conclave é uma criação do alemão Klaus Miltenberger em 2005. Essecialmente é um jogo infantil com idade recomendada a partir de 4 anos, parte integrante da extenso catálogo de jogos infantis da editora alemã HABA onde o objetivo final é ser o primeiro a empilhar todos os seus animais. Esta pequena resenha foi feita com base na versão brasileira do jogo pela editora Conclave.

Mecânica
– Rolagem de dados

animaldado1
Componentes. Foto: BGG

No seu turno cada jogador rola o dado e verifica qual é o resultado. Dependendo do que seja, ele pode empilhar um ou dois animais, colocar ao lado do crocodilo (que é a base do jogo), dar um de seus animais para outro jogador empilhar ou ainda ter que empilhar um animalzinho determinado por outro jogador.

animalcomponents1
Detalhe dos animais do jogo. Foto: BGG

Toda vez que alguém vai empilhar é preciso cuidado, pois como o objetivo é ser o(a) primeiro(a) jogador(a) a empilhar, quando alguém derruba alguns dos animais acaba pegando alguns para si como punição, o que aumenta seu tempo de jogo.

O jogo ainda conta com algumas variantes interessantes que pode ser usadas com crianças de maior idade.

animalcrocodilo1
Crocodilo, a base da pilha de animais. Foto: BGG

Considerações finais
O jogo que é todo feito de peças de madeira e colorido chama muito a atenção das crianças. Animal upon animal é um excelente título para atrair os pequenos para mercado de jogos de tabuleiro e incentivar as crianças a brincarem com jogos assim, que desenvolvam suas habilidades em geral, principalmente as motoras.

As cores e os formatos das peças são muito bem feitos, apesar de que as peças poderiam ter uma maior variação de cor. Por serem de madeira de boa qualidade, mesmo ao cair no chão não ficam marcadas facilmente. A caixa do jogo na versão da editora Conclave também é bem firme e de boa qualidade.

Por ser um jogo infantil, obviamente será difícil agradar aos adultos, mas nada que impeça. Sua simplicidade e objetividade são os diferenciais do jogo e para as crianças (e eu sou papai) é diversão garantida!

Pontos positivos
– Diverte enquanto desenvolve habilidades motoras em geral
– Simples e fácil, além de objetivo
– Ótimo custo-benefício considerando também variantes para as crianças maiores

Pontos negativos
– As peças de animais poderia ter uma variação maior de cores